Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
PRENÚNCIO DE PRIMAVERA

Pousou na minha janela,
Exibia uma rara beleza,
Prenúncio de primavera,
Porção impar da natureza.

Eu; paralisado ante ela,
Chamo-a de princesa,
De minha doce Cinderela,
Tamanha a delicadeza.

Azul, purpúrea, amarela,
Da janela a me olhar,
Eu; com um olhar de tela.

De repente voou; policroma e bela,
Volúvel a bailar,
Poética – serena – singela.

DELEY
Enviado por DELEY em 03/09/2007
Código do texto: T636509

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
DELEY
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
4954 textos (187529 leituras)
4 e-livros (1657 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/09/17 09:01)
DELEY