Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O HOMEM E O SEXO




Suave vertigem… doces fragrâncias…
Corpos envoltos em carnes e sexo…
Perdem-se os sentidos e as alianças,
Quando o sujeito se mostra sem nexo.

Bonito é o amor, se correspondido…
Não há pudor que derrube barreiras.
Haja quem aqui se sinta ofendido,
Por dizer que o sexo são só asneiras.

O sexo faz parte da vida… incoerente
Se mostra… se lhe falta o sério apelo.
Tanto faz devagar como num repente.

Porém tem de haver respeito mútuo,
Soletrar palavras, soando a anelo…
A ninguém pois a culpa nem o indulto.

Jorge Humberto
02/09/07






Jorge Humberto
Enviado por Jorge Humberto em 03/09/2007
Código do texto: T636562
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jorge Humberto
Portugal, 51 anos
2622 textos (67035 leituras)
22 áudios (940 audições)
13 e-livros (541 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 19:08)
Jorge Humberto