Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

É PRECISO A PAZ AQUI





Acabe-se com a metralha avassaladora,
Ceifando vidas inteiras, sem olhar a meios
Para alcançar seus fins, nesta invasora
Guerra incólume, sem leis nem esteios.

Que todos os obuses sejam destruídos,
E que todas as fisgas precisas pereçam,
Ao grito, basta! Temos de estar imiscuídos
Nesta luta derradeira, antes que feneçam

Todos os homens, pela sua ignorância.
Acabem-se os meninos e meninas suicidas,
Filhos proscritos da ditosa intolerância.

É preciso a paz aqui, agora, sem demora,
E das gentes, mormente convencidas,
Do seu desígnio, que não haja mais mora.

Jorge Humberto
03/09/07

 




Jorge Humberto
Enviado por Jorge Humberto em 03/09/2007
Código do texto: T636571
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jorge Humberto
Portugal, 51 anos
2622 textos (67030 leituras)
22 áudios (940 audições)
13 e-livros (541 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 07:06)
Jorge Humberto