Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

>COLHENDO FLORES*

Colhendo cada flor neste outono
Feito criança embebida nos teus laços
O dia inteiro sem ter pressa caminhando
Depois o banho no riacho, vem teus passos.

Em frente uma casinha sertaneja
Mãos lambuzadas blusas já manchadas
Da poeira, enxugando as mãos molhadas
Só dando risos da aventura despojada

O mundo nem existe neste momento
Tudo bem longe já é ventura e risada
A noite vai chegar menino vamos pra casa

Neste caminho o milho não foi jogado
E o retorno sabe Deus onde encontrar
Vamos seguindo até o cansaço dominar

Menino que brincando em laranjais
Encontra no quintal, na vizinhança
Amor que imaginou não ter jamais
sente audacioso; uma esperança

De ter amor primeiro, e quer demais
Menina que ao correr, cabelo em trança,
Parece que também se satisfaz
Ao ver neste menino, amor que alcança.

Plantada esta emoção, vai aumentando,
E o tempo nunca cala. Fortalece,
E o doce que da infância não se esquece

Nem mesmo se distante, aonde ou quando,
Germina novamente em primavera,
Valeu, querida amada, tanta espera..

SOGUEIRA
Marcos Loures



Sonia Nogueira
Enviado por Sonia Nogueira em 03/09/2007
Código do texto: T636680

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Sonia Nogueira
Fortaleza - Ceará - Brasil
2362 textos (128361 leituras)
12 e-livros (662 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/09/17 09:01)
Sonia Nogueira

Site do Escritor