Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CANTEIRO DE MENTIRAS

Acredito em promessas jamais feitas
ou procuro colher o que não planto,
faço planos enquanto não me aceitas
e debocho da causa do meu pranto...

Tenho pouco e sou grato por ter tanto
quanto escravos das ordens e das seitas,
que se orgulham da sombra; qualquer canto
lhes imposto nos ritos e receitas...

Tal encontro que nunca foi marcado
numa esquina, na praça, no mercado
vive nesta esperança que carrego...

Uma bela canção sem nota e voz
mostra toda a verdade sobre nós,
na mentira real que adubo e rego...
Demétrio Sena
Enviado por Demétrio Sena em 03/09/2007
Código do texto: T636948
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Demétrio Sena
Magé - Rio de Janeiro - Brasil, 56 anos
3053 textos (61828 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 16:25)
Demétrio Sena