Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Pesadelo dos meus Sonetos II


Por Deus,quanta personalidade.
Digitais tão arraigadas, tão próprias ,
Ao mesmo tempo, quanta espontaneidade
Desencadeando , gerando tantas crias.

Impetuoso,suave, carinhoso, decidido ,
Nunca deixando nada passar despercebido.
Inunda-se de mundos, jamais negando os sentidos
Desnudando faces, dores ,amores embebidos.

Apaixonado eterno da lua, estrelas, universo ,
Determinando caminhos exatos, vôos com leveza.
Sabedoria perfeita, doce, rimando, contando versos.

Chora, encanta com sensibilidade à flor da pele,
Volta a atormentar, tumultuar sonhos ,
Quando dolorido, incolor, aprisionado nele.

3/09/07-11h48
Maria Thereza Neves
Enviado por Maria Thereza Neves em 04/09/2007
Código do texto: T637429
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Thereza Neves
Juiz de Fora - Minas Gerais - Brasil
3364 textos (91821 leituras)
6 e-livros (225 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 12:39)
Maria Thereza Neves