Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

>ENSINA-ME A AMAR*

Ensina-me a mar com devoção
Como uma luz sustentando o facho
Como uma rocha que se edifica
Com a veneração do fruto pelo cacho

Ninguém é feliz fingindo que ama
Nem acerta o caminho sem saber aonde vai
O coração se entrega diversidade incerta
Nunca está inteiro fragmentos nada mais

Amores são eternos verdadeiros?
Paixões são artifícios passageiros?
Se os dois seguem abraçados corriqueiros!

Este coração aventureiro e absoleto
Engana-me faz manobras indesejadas
Não enxerga dirige de olhos vendados

Não tendo escola, amor, que ensine amar
Apenas é deixar que tudo venha,
Tomando nossa vida devagar,
Amor não tem sinais, nem mesmo senha

É fogo que em si mesmo faz queimar
É dele o bom calor, pavio e lenha,
É nele que se ensina a desfrutar
A sorte mais intensa que detenha.

Embora seja qual um passageiro
Que siga seus destinos por si só,
Nascendo e renascendo feito o pó

Alquímico prazer, um feiticeiro,
Amor não tem juízo ou paradeiro,
Nem mesmo de si mesmo amor tem dó...

SOGUEIRA
Marcos Loures

Sonia Nogueira
Enviado por Sonia Nogueira em 04/09/2007
Código do texto: T638354

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Sonia Nogueira
Fortaleza - Ceará - Brasil
2360 textos (127409 leituras)
12 e-livros (650 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 04:28)
Sonia Nogueira

Site do Escritor