Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Bem-querer (a Melissa)
 
Sem eco..como saber que existes...
No silêncio, nesse rumo que persiste
E o contrário de nada...é nada...
Na nossa vida deixemos vir a enxurrada.
 
Aí, talvez se transforme o caminho
Uma relação cheia de graça e carinho
Uma admiração, a permanência do amor
Sem espinhos, sem rasgos, sem dor
 
E como diz uma amiga especial, é ecoando
Que as palavra batem no peito clamando
Mostrando que ainda existe o lado Ser
 
A simplicidade rústica do bem-querer
Parece que é simples e na verdade o é
Atentar pras pessoas ao redor...com fé
Cabeça de poeta
Enviado por Cabeça de poeta em 05/09/2007
Reeditado em 06/09/2007
Código do texto: T639515

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Osvaldo Brito, http://osvaldobrito.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Cabeça de poeta
Fortaleza - Ceará - Brasil, 64 anos
185 textos (28708 leituras)
1 e-livros (44 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/09/17 09:01)
Cabeça de poeta