Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Soneto da ultima hora

Na plenitude dos tempos, Ele surgiu,
Deixou-nós, uma linda mensagem,
E por nós, na rude cruz, erigiu,
Nós mostrando, sua outra imagem.

Ele preencheu, os requisitos da lei,
Nós livrando, do aguilhão da morte,
Nós transformando em sua fiel grei,
E mudando nossa sorte.

Há um avivamento, na igreja,
Avisando, sobre a ultima hora,
Vem! O pão da vida está, na bandeja,
Vem! Ao romper da aurora.

Tudo está feito, minha querida,
Vem! Ele é, a fonte, da eterna vida.



Gilmar Queiroz
Enviado por Gilmar Queiroz em 06/09/2007
Reeditado em 26/09/2007
Código do texto: T641088

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Gilmar Queiroz
Laranjal do Jari - Amapá - Brasil, 41 anos
247 textos (4682 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/10/17 21:07)
Gilmar Queiroz