Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Maldito Agosto


Da pena, as letras escorriam
Juntando traços , fisionomia.
 Imagens alertas desmentiam
O que eu fazia, diziam: mentira.

Perversos olhos reais,racionais
Destroçaram minha fantasia
Deste jeito, emoções jamais
É falsa a ilusão  da poesia ?

Por favor,parem, me entendam ,
Pinto as passarelas das almas ,
Momentos, movimentos não param.

Traidoras horas de agosto,
Tranco minhas portas sem magia,
Sem sabor,com muito desgosto .
*
07/09/07
Maria Thereza Neves
Enviado por Maria Thereza Neves em 07/09/2007
Código do texto: T642156
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Thereza Neves
Juiz de Fora - Minas Gerais - Brasil
3363 textos (91813 leituras)
6 e-livros (225 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 14:54)
Maria Thereza Neves