Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Fazedor de pão



Tua mão, que, dormente, acaricia
toda a matéria-prima da pujança
e acalenta fantasias de criança,
há de ungir os heróis do novo dia.

Onde houver uma réstia de esperança,
o teu pão será nossa serventia.
Há de estar onde a fome sentencia
a matar e morrer, enquanto avança.

Tua mão colhe o trigo, inda grão,
e sova, e amassa, e faz o pão...
e, do pão, a noção de igualdade.

Onde houver uma mão igual à tua,
há de haver uma força que construa
a, revolucionária, liberdade!
Herculano Alencar
Enviado por Herculano Alencar em 07/09/2007
Reeditado em 07/09/2007
Código do texto: T642466
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Herculano Alencar
São Paulo - São Paulo - Brasil, 63 anos
1414 textos (62260 leituras)
20 áudios (393 audições)
13 e-livros (3653 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 19:08)
Herculano Alencar

Site do Escritor