Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PERDÃO, MEU AMOR

Falta tua meu amor e, nada me acalenta
Mesmo agora assim, tão triste já não me espanto
Sei que besteira eu fiz por ser muito ciumenta
Mas, acredite meu querido, eu te amo tanto!

Porém, preciso ouvir o que eu mais almejo
Sentindo tremer teus lábios de mansinho
E, te ter e ver como há tempos não te vejo
Aqui, em meus braços só vibrando ao meu carinho.

Por isso, imploro meu anjinho querido e santo
Não me castigues, sim? Perdoa o meu jeitinho
Volta pra mim e, seque todo esse meu pranto

E, se agora, eu ainda aqui pra ti versejo
É mais pra te implorar: Vem me desorienta
Chama-me de querida e mata o meu desejo.
Tânia Regina Voigt
Enviado por Tânia Regina Voigt em 08/09/2007
Reeditado em 13/04/2009
Código do texto: T643381

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome da autora). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Tânia Regina Voigt
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil
1026 textos (48062 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/08/17 20:56)
Tânia Regina Voigt