Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Um grande marido (menção ao texto de Raferty)

Ao encontrar a esposa tão doente,
olhar distante, fúnebre, sem brilho...
tornou-se, de marido, um empecilho
pra cada um e todos os "aderentes".

A sogra era mãe  -e mãe não mente-
disse-o que matara a sua filha.
O sogro o sondava a braguilha
atrás d'alguma coisa diferente.

Mesmo o seu cunhado delinquente,
que sempre o chamara de irmão,
chamou-o de assassino e de ladrão:
—"Um animal que veste-se de gente"

Morreu sua esposa, finalmente!
E o padre achincalhou-o no sermão.

Herculano Alencar
Enviado por Herculano Alencar em 08/09/2007
Reeditado em 08/09/2007
Código do texto: T643386
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Herculano Alencar
São Paulo - São Paulo - Brasil, 63 anos
1411 textos (62149 leituras)
20 áudios (391 audições)
13 e-livros (3627 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 07:36)
Herculano Alencar

Site do Escritor