Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

IMPRODUTIVOS

Ao ficarmos brincando de ser nossos
numa história que há muito se desfez,
como quem sem a carne rói os ossos,
faz de conta que a tem mais uma vez...

Burlaremos em nós todas as leis,
colheremos bagaços e destroços
nos divãs, nas milícias ou nas greis,
numa fuga enfadonha dos remorsos...

É que um dia, esgotado o nosso prazo,
tudo fica tão vago, insosso e raso
e não pode forjar qualquer motivo...

Depois resta o caminho da procura
do milagre, o fenômeno da cura,
qualquer outro caminho improdutivo...
Demétrio Sena
Enviado por Demétrio Sena em 08/09/2007
Código do texto: T643831
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Demétrio Sena
Magé - Rio de Janeiro - Brasil, 56 anos
3109 textos (62586 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 02:13)
Demétrio Sena