Capa
Cadastro
Textos
┴udios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Inquieta Ins˘nia


Tento dormir em mortal fadiga ,
O silêncio da noite convidava ,
Ao sossego, eu fazia uma figa,
Mas o sono nada, mendigava.

Sentindo a solidão culpada ,
 Fronhas molhadas de lágrimas,
Vago na sombra negra parada ,
Escorro sonetos sem asas-rimas.

A madrugada já quase finda,
Eu ainda no cansado dia ,
Aguardava o fim da lida-vida .

Bendita aurora chegando ,
Inquieta abro mão da insônia, saio
Comigo e a cega lua andando.

Jf/MG-8/9/07 - 18h59
Maria Thereza Neves
Enviado por Maria Thereza Neves em 09/09/2007
Cˇdigo do texto: T644513
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Thereza Neves
Juiz de Fora - Minas Gerais - Brasil
3364 textos (91826 leituras)
6 e-livros (225 leituras)
(estatÝsticas atualizadas diariamente - ˙ltima atualizašŃo em 24/10/17 00:45)
Maria Thereza Neves