Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TÊNUES CORDOALHAS

Ah,a inspiração que me abandona na noite...
Mas que na aurora retorna...a pedir-me perdão!
Já nem sei se a aceito, ou se lhe devolvo o açoite...
C'as frouxas cordoalhas deste meu coração!

Sempre lhe dei guarida...e nos meus versos inspirados,
Palpitei minha Ânsia...mesmo na escuridão!
Na insônia da noite que estrangula o meu peito,
Dei a luz aos sonêtos...num ato de compaixão!

Do meu pranto extraí lágrimas de acalanto,
E no entanto essa noite...sempre me torturou...
Apagou-me as estrelas e acendeu desencanto

Já no ocaso da tarde,sempre me esvaeceu;
Depois volta chorando...a pedir o meu canto,
Sem saber que a poesia-aqui em mim-já morreu...
MAVI
Enviado por MAVI em 09/09/2007
Código do texto: T645472

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
MAVI
São Paulo - São Paulo - Brasil, 57 anos
5445 textos (340938 leituras)
993 áudios (87036 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 10:44)
MAVI