Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Revelação


Sim há razão em se dizer que o avançar da idade
Traz junto consigo a compreensão do que é felicidade
Que não é a meta em si nem os descasos e desalinhos
Mas o que se aprende nas pedras de todos os caminhos

No vigor da juventude e na beleza inerente
Na esplendor da meia-idade, no querer estar ciente
Na maturidade adquirida da terceira idade
Nos insights profundos, enxergando toda a verdade

Dizer, comer, roer, sorver, beber, sugar e olhar
Julgar, encarar, enfrentar, repelir e desmembrar,
Correr, soer, mexer, fazer, erguer, querer, desfazer

Renovar, repensar, chorar, pensar, compor e cantar
Olhar, gostar, convidar, conhecer, casar, procriar
Revelar, amar, regar, sofrer, viver e eternizar

Cabeça de poeta
Enviado por Cabeça de poeta em 11/09/2007
Código do texto: T648339

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Osvaldo Brito, http://osvaldobrito.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Cabeça de poeta
Fortaleza - Ceará - Brasil, 64 anos
185 textos (29655 leituras)
1 e-livros (44 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 20:56)
Cabeça de poeta