Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tarde demais

Faces estranhas nas ruas, suadas
Dores da vida, vividas, partidas
Mil cicatrizes nas faces riscadas
Vidas vividas e mal repartidas

Sentir tão perto a tua presença,
Sombreando a lua tão intensamente
E a angústia em mim da tua ausência
Seca-me a boca tão amargamente

Grito pra todo o mundo então em versos,
Em prosa, em texto, pensamentos imersos
Em formas várias me parecem em vão

Em todas formas que há compreensão
É o delírio louco de sentir,
Não há mais volta nesse amor por ti

Cabeça de poeta
Enviado por Cabeça de poeta em 11/09/2007
Reeditado em 24/09/2007
Código do texto: T648413

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Osvaldo Brito, http://osvaldobrito.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Cabeça de poeta
Fortaleza - Ceará - Brasil, 64 anos
185 textos (29666 leituras)
1 e-livros (44 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 11:36)
Cabeça de poeta