Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto


Um vôo cego,  sem medo de errar
Buscando a presa, querendo acertar
Matar a fome de a si libertar 
Bem alto subir e então mergulhar

Asas fechadas e assim descobrir
Que o mergulhar pra dentro de si
É mais que um alvo pra fome matar
É ânsia de ser feliz e voar

Um ser que ri, que pensa, que espera
Não um manjar, não um simples intento
Não uma fria ação de predador

Mergulhar e a cem metros da terra
Transcender, elevar o pensamento
Tangenciar, arremeter pra o amor

Cabeça de poeta
Enviado por Cabeça de poeta em 11/09/2007
Reeditado em 27/09/2007
Código do texto: T648423

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Osvaldo Brito, http://osvaldobrito.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Cabeça de poeta
Fortaleza - Ceará - Brasil, 64 anos
185 textos (29653 leituras)
1 e-livros (44 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 19:36)
Cabeça de poeta