Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DE REPENTE O AMOR!

O amor é assim mesmo, sorrateiro
Chega de mansinho sem esperar
De repente explode em sonhos verdadeiros
Queima feito brasa, o coração a pulsar

A gente fica perdida, surpresa
Sem palavras, sem mesmo entender
Um sentimento tão intenso,  tão mágico
Uma vontade de se entregar, de se render

Você chegou assim em minha vida
Destravou portas, abriu caminhos, me encantou
Fez o sol brilhar mais forte e a lua mais prata ficou

Vi nos seus olhos a luz de um amor
Que estava perdido, maltratado, doído
Que renasceu, quando você chegou
Rita Lopes
Enviado por Rita Lopes em 12/09/2007
Código do texto: T648841

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para sua obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Rita Lopes
Assis - São Paulo - Brasil, 52 anos
52 textos (10377 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 12:50)
Rita Lopes