Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DEMÊNCIA





Aquela pedrinha… já haviam reparado
Nela?... não é feia nem bonita… singela
Pedra ao acaso, que aqui faço tratado,
Só porque, obra da sorte, fiz reparo nela.

E eu, caminhando, para destino nenhum,
Baixei-me ainda mais para observar melhor...
Era uma simples pedra… em lugar algum
Deitada… à espera, quem sabe, do Senhor,

Que, dizem, tudo pode, da régia natureza.
No entanto, há um paradoxo, mui eminente:
Porque quer Ele, de nós, uma rígida certeza,

Obstruindo-nos os caminhos da ciência?
Seria um pedrinha…ou simplesmente
A minha propagada… e certa demência?

Jorge Humberto
10/09/07


Jorge Humberto
Enviado por Jorge Humberto em 12/09/2007
Código do texto: T649613
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jorge Humberto
Portugal, 51 anos
2622 textos (67116 leituras)
22 áudios (940 audições)
13 e-livros (541 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 23:54)
Jorge Humberto