Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Chamas da santa inquisição

Tu, que na beócia inteligência,
viveste a zurrar nos quatro cantos,
em nome de ti e de outros tantos,
tristes ideais das reminiscências.

Tu, que aceitaste a vil incumbência
de revolver cruentas cicatrizes;
Te entregaste, como as meretrizes,
ao vil papel da subserviência.

Tu és o nada a espreitar a morte.
Quem sabe Deus, se tu tiveres sorte,
a humanidade se esqueça de ti.

Vai-te embora que ainda é cedo,
talvez assim possas guadar segredo
da atrocidade que fizeste aqui.

 
Herculano Alencar
Enviado por Herculano Alencar em 29/10/2005
Código do texto: T65101
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Herculano Alencar
São Paulo - São Paulo - Brasil, 62 anos
1335 textos (57863 leituras)
5 áudios (264 audições)
13 e-livros (3212 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 22:37)
Herculano Alencar

Site do Escritor