Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CHAGAS

 

Amei-te muito mais do que tu mereceste,

Chegando a romper vínculos familiares

Em prol do amor que um dia jogaste p'ros ares

Com a personalidade vil que tu nasceste.

 

E hoje nada sinto, minto... Sinto nojo

De mim, do meu passado, dos dengos e mimos,

Das noites que abraçados por vezes dormimos

E até a tua foto chega a dar-me entojo.

 

A vida é conflitante e cheia de magia,

Mas como posso amar uma infeliz que um dia

Necrosou-me os ventrículos com vil paixão?

 

Construíste uma casa com a tua vaidade,

Sentaste um piso feito de infidelidade

E cobriste com as telhas da ingratidão.

 

Nizardo Wanderley
Enviado por Nizardo Wanderley em 14/09/2007
Código do texto: T651689

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Ex: cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Nizardo Wanderley
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil
679 textos (92707 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 01:05)
Nizardo Wanderley

Site do Escritor