Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AFRODITE na FEIÚRA

(ensaio sobre Rimbaud)

Caída a tarde os moleques sabem
o espetáculo que joga o bairro no além
mulher nua banhando-se no rio
ostentando mapa mundi de estrias e celulites

faz das tetas caídas e do sexo podre
uma sirene espantando o cio
nojo e riso lado a lado quites
vislumbram na Rainha da Carniça

a idade medida pela hérnia no ânus
desta mulher horrivelmente linda
que alimenta os vermes d'água turva

alheia ao mundo como se conquistado
o trono da feiura ainda
houvesse horror a desafiar no fim
Eriko y Alvym
Enviado por Eriko y Alvym em 14/09/2007
Reeditado em 03/11/2012
Código do texto: T652352
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (ERIKO ALVYM e www.erikoalvym.zip.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Eriko y Alvym
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
1308 textos (32772 leituras)
8 áudios (1075 audições)
2 e-livros (177 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 20:19)
Eriko y Alvym