Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Abre-alas (menção ao texto "Errata" de Raferty)

vindes a mim que vos darei guarida.
Abri-vos-ei as portas mais oclusas
e ouvirei, de vós, vossas escusas...
como jamais alguém ouviu em vida.

Dá-me vosso voto na causa perdida,
que honrarei vossa fidelidade,
e venderei por menos da metade
no parlamento das compadecidas.

Eu sou um nobre onde tenho assento.
Um líder deste sacro parlamento,
a serviço da vossa salvação.

Vindes a mim que o céu é vossa espera
e eu sou a flor da eterna primavera,
a serviço de deus na eleição.


Herculano Alencar
Enviado por Herculano Alencar em 30/10/2005
Reeditado em 30/10/2005
Código do texto: T65304
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Herculano Alencar
São Paulo - São Paulo - Brasil, 62 anos
1335 textos (57861 leituras)
5 áudios (264 audições)
13 e-livros (3208 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 11:16)
Herculano Alencar

Site do Escritor