Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CANSADA

Não me diga que está cansada,
Que trabalhou até tarde demais,
Que a noite não está estrelada,
Que o prazer pode esperar mais...

Não me diga que está estressada,
Que o teu desejo o sono desfaz,
Que não dispõe de vontade voraz,
Que só precisa ser confortada...

Então a minha chama logo apaga
Enquanto minha adrenalina acaba
Me enchendo de tanta birra e furor.

Já sei que não está mais acordada,
Que não vê minha cara amarrada
Necessitando um pouco de amor.
Carlos Melgaço
Enviado por Carlos Melgaço em 17/09/2007
Código do texto: T656003

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Carlos Melgaço
Vitória da Conquista - Bahia - Brasil, 59 anos
1126 textos (33033 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/08/17 21:02)
Carlos Melgaço