Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Soneto da Decepção

Foi todo o nosso amor como um poema
Daqueles que me faz lembrar Camões
Enredo de partir os corações
Envolto em tanta sorte de dilema

Elegia, fez chorarem varões
E não pode versar sobre outro tema...
Translúcido amor, da mais pura gema,
Inflamado por salva de canhões!

Declarado,  há quem então duvide...
Como a amada, que até hoje me agride
Queimando-me como na inquisição!

Mas o fogo que me arde é verdadeiro...
E mesmo no momento derradeiro
Ainda pude, eu, ter inspiração!
Márcio Ribeiro
Enviado por Márcio Ribeiro em 17/09/2007
Reeditado em 18/09/2007
Código do texto: T656083
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Márcio Ribeiro
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil
67 textos (3259 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 05:03)
Márcio Ribeiro