Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Nordeste revisited

A epifania de qualquer Nordeste
em sua contenda azul de mãe castiça
é a parte menos total de todo este
território com fome acre de missa.

Em qualquer Nordeste, um aniversário
é de morte sobre morte. É a vida
que vence a estreiteza mais comprida;
milagre - este que odeia mercenário.

No cômputo está o velho Portugal
em fração de sorriso, espera o acto.
Sebastião, Cícero - a verdade em fruta.

Pés de São João pisam o rabo do mal.
Santo Sol vence o tridente do cacto.
A flor que pinta é santa e prostituta.
Marcelo Moraes Caetano
Enviado por Marcelo Moraes Caetano em 18/09/2007
Reeditado em 21/09/2007
Código do texto: T658287

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (MARCELO MORAES CAETANO). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marcelo Moraes Caetano
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
246 textos (13395 leituras)
87 áudios (5916 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 14:50)
Marcelo Moraes Caetano