Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Um Norte


Liberdade de sonhar e escrever
Escrever seus sonhos e libertar
A alma poeta, triste de vagar
Canto de sereia, de mais querer

Mas...quem manda no tempo que vivemos
No passado, futuro, no presente?
Quem manda realmente em nossa mente?
Se nem mesmo nós nunca a conhecemos?

Humor negro, sarcasmo, negação
Inda que ofertássemos nossa alma
O mundo está em caos, sem direção

Há indícios, existe solução,
Em que pese resgatar nossa calma
Tomemos como guia o coração
Cabeça de poeta
Enviado por Cabeça de poeta em 20/09/2007
Reeditado em 20/09/2007
Código do texto: T660774

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Osvaldo Brito, http://osvaldobrito.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Cabeça de poeta
Fortaleza - Ceará - Brasil, 64 anos
185 textos (29693 leituras)
1 e-livros (44 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 22:48)
Cabeça de poeta