Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

                                Soneto de fogo?!

                   Luiz Claudio Bento Da Costa.


Vem, não importa como, mas vem!
Vamos viver todas as emoções...
Quero me embrenhar em vocé,
embrenha-se também em mim.

Toda a forma externa, será mexida
cada poro será, de dor ou prazer
as vibrações, penetrarão na alma
as posses serão enfim, conquistadas.

Um por dentro do outro, no altar
o ápice será, a pura essência do amor
num núcleo de energia, cósmica.

Voltando do paraíso, nós dois...
Pensaremos profundo, no futuro
porque fomos buscar, mais um célula de vida.
Condor Azul
Enviado por Condor Azul em 20/09/2007
Código do texto: T661043
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Condor Azul
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 55 anos
737 textos (26918 leituras)
1 áudios (179 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/10/17 02:51)
Condor Azul