Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
>AMOR AO DESPERTAR*

Quanta beleza encontro ao despertar
Abro a tela meu olhar já te procura
Saboreando esta manhã bonita chama
Assim o dia me levará para as alturas

Andarilho do amor é meu destino
Nas cordilheiras no mar ou na floresta
Meu coração está contigo sempre emfesta
Num regozijo que acalenta em seresta

Neste canto mavioso eu me entrego
Em qualquer hora momento ou dia
Inspirando amor respirando poesia

Teus rastros eu acompanho aqui agora
Sem perder nem ofuscar tamanho brilho
Assim o dia correrá não mais sombrio

Aquele que diz tudo e tudo sabe
Não sabe na verdade o que me importa,
Amor em qualquer parte sempre cabe,
Abrindo com carinho imensa porta,

Adentra no meu quarto, na janela
Que um dia se trancou, duros ferrolhos,
E em perfeição divina se revela
Invade o coração, brilhando os olhos.

Amor não se permite resistência,
É feito um furacão, um fátuo fogo
Que aos poucos vai firmando residência
E toma o coração. Mas desde logo

Avisa para os frágeis navegantes
Dos maremotos loucos, por instantes...

SOGUEIRA
Marcos Loures


Sonia Nogueira
Enviado por Sonia Nogueira em 21/09/2007
Reeditado em 21/09/2007
Código do texto: T662402

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Sonia Nogueira
Fortaleza - Ceará - Brasil
2364 textos (128636 leituras)
13 e-livros (685 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 17:03)
Sonia Nogueira

Site do Escritor