Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

“ALVARÁ de SOLTURA”

                                                "EXCELENTÍSSIMA SRA. DRA. LUDY
                                                 
Meu muro esquerdo, vizinho
Divisa a minha paixão
Mas é só paixão carnívora
Em forma de mulherão
Quando ela chega fogosa
Cumprimenta-me dengosa
Deixando um cheiro de rosa
Arrebata-me o “coração”
(com uma reparação)

Que é o “coração” roliço
Tem forma de picolé
Que pulsa de-ponta-cabeça
Mas que morcego não é
Embora adore cavernas
É armador de badernas
E mesmo não tendo pernas
O danado fica em pé
(quando ganha um cafuné)

Desculpe-me Ludy querida
Não me trate com avareza
Comer fora não faz mal
Perdoe a minha franqueza
Mas Lobo é mesmo assim
Pavio curto no estopim
É feito fogo em capim
E carnívoro... por natureza!
(decida-se, com nobreza)
                                                 Nestes termos, pede deferimento".
                                                 Lobo.
                                                 Cwb., 22.09.07, 03:23h.
Lobo da Madrugada
Enviado por Lobo da Madrugada em 22/09/2007
Reeditado em 11/10/2007
Código do texto: T663127

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Lobo da Madrugada
Curitiba - Paraná - Brasil
764 textos (335014 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 00:54)
Lobo da Madrugada