Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CONVULSÃO



Vento ruge lá fora.  È par da tempestade inclemente,
dançam eles ao próprio ritmo num bailado desigual:
ora semeando ciclones e destruição á sua frente;
ora valsando em rajadas ardentes de beleza colossal.

Ouçam o clamor do vento! Ele canta enquanto passa!
Troa elegias em furor de pranto e sopro de nostalgia...
Passa e leva o perfume, como caçador que guarda a caça
e ostenta o troféu do vencido, o vencedor, com galhardia.

 Tantos raios coriscam os céus negros no horizonte,
Faíscas de fogo em labaredas tocam a terra molhada
E dança o vento em louvor das arvores nos montes.

Uivos lança o vento, como risos loucos na imensidão:
ecos lancinantes dos estertores da vida assassinada.
Temporal brada os sinais da terra e dos céus em convulsão!

Liane Furiatti
Enviado por Liane Furiatti em 22/09/2007
Reeditado em 20/01/2009
Código do texto: T663841
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Sobre a autora
Liane Furiatti
Curitiba - Paraná - Brasil
779 textos (36174 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 18:02)
Liane Furiatti