Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MULHER ABSOLUTA

Eu fico a te chamar, falo em paixão e cio,
deleito-me a escrever sobre o amor longamente,
e peço tua atenção querendo-te presente,
porém tu só me dás um “oi” muito sutil.

Os versos caem na dor, no teu olhar mais frio,
meu coração que é teu batendo tristemente
ecoa a da solidão (pobre sobrevivente),
e finge ainda não ver o teu amor vazio.

Mulher, a tua mudez arrasa esse meu mundo,
me escuta, olha pra mim, pros meus olhos falando,
e veja o meu olhar molhado um só segundo.

São águas de aflição, de dor por teu desmando,
e se tu olhares bem verás que tem no fundo
um homem no cristal das pupilas, te amando.

Michel H Baruki
Enviado por Michel H Baruki em 23/09/2007
Reeditado em 23/09/2007
Código do texto: T665325

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Michel H Baruki
Blumenau - Santa Catarina - Brasil
191 textos (5880 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 12:53)