Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

>SÓ FLORES OFEREÇO*

Os espinhos retirei-os do jardim
Enterrei-os bem profundo sem raízes
Rasguei a terra plantei só belas flores
Rego bem cedo lá está nosso cantinho

Um dia a rosa vermelha do amor
Noutro a branca pureza da amizade
A cor rosa suavizando o teu olhar
No perfume o cheiro que em nós arde

Há sempre o “cá-te-espera” bem visível
Pra solidão não ousar nem ter espaço
Portas abertas, de guarda só meu abraço

A noite chega cansada deitando aragem
Estrelas já se entreolham por toda parte
Sorrindo do amor gaiato que nos invade

Não quero solidão, enterro as urzes,
E sigo meu caminho do teu lado.
Distantes, bem distantes, velhas cruzes
Deixadas noutro tempo, no passado.

Agora vendo em ti perfeitas luzes
Eu falo deste amor extasiado.
Por outras alamedas me conduzes,
Contigo irei viver um novo Fado.

Nós somos espelhares, nunca nego,
Em mansa aragem chegas de repente.
Além de todo amor, em nosso apego

Pressinto o que virá, na calmaria,
Carinho que eu bem sei ser envolvente
Transforma nosso amor em poesia...

SOGUEIRA
Marcos Loures
Sonia Nogueira
Enviado por Sonia Nogueira em 25/09/2007
Código do texto: T668089

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Sonia Nogueira
Fortaleza - Ceará - Brasil
2360 textos (127530 leituras)
12 e-livros (650 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 00:18)
Sonia Nogueira

Site do Escritor