Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CARINHO

Pra amanhecer o Sol mira, sentado ao canto
Por que o sonho que mui espero me custa tanto?
Não choveu o prometido por que escureceu
Nesse solo escorrido e nem me pertenceu?

Por que teus olhos não vêem que já secaram
Lábios a espera em beijos que naufragaram?
Ah, vem meu mar, me inunda dos carinhos teus
E, deixa que eu mais te envolva com os meus.

Só o teu amor poderá mesmo enxugar meu pranto
E, juro que é isso o que mais quero, por Deus!
Espero sim, provar do teu mais doce encanto

E transformá-lo assim, no meu gran semideus
Desbravando contigo qual seja o recanto
Sem precisar temer te ouvir dizer adeus.
Tânia Regina Voigt
Enviado por Tânia Regina Voigt em 28/09/2007
Reeditado em 13/04/2009
Código do texto: T671742

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome da autora). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Tânia Regina Voigt
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil
1026 textos (48158 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/10/17 06:13)
Tânia Regina Voigt