Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

No infinito do saber

Ora,quando meu amor
                     Enlouquecer
                     Na torre
Há de vir sonhar
Derramando lágrimas de
                     Amor
Beijo sem fim
Enlouquecido pela fúria do mar...


Das estrelas no céu
Da mulher que nestas
Água turbulenta navega
Entre feras e maliciências
Inconsciente (grita)
Também tenta ser ela...


Revigorada por sua natureza
Alcançando as areias da ilusão
Com o toque dos dedos,
Luz e bruma
Que seja poetisa
Dos olhos meus
Em chama
E que do lume vivo
Cresça o zênite desta
Que vivas em sonetos
Escritos sem direção
Para amar
No fogo da nossa
Paixão...


                                            Mirão da Estrada
Mirão da Estrada
Enviado por Mirão da Estrada em 28/09/2007
Código do texto: T671763
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Mirão da Estrada
Blumenau - Santa Catarina - Brasil, 49 anos
492 textos (14695 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 05:01)
Mirão da Estrada