Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

QUE AS PENAS FIQUEM COMIGO!




Meu amor, já não suporto mais, ver-te
Sofrer, como só tu tens sofrido!
E encontrar a palavra certa, para dizer-te,
Que essas dores têm algum sentido.

Que as tuas penas calassem em mim,
E tua face apresentasse a robustez da saúde!
Então, sem sofrimento, eu seria feliz, assim,
Sofrendo tuas dores amiúde.

Deixa que eu sofra por ti, toda essa condolência,
Que sejam minhas as mágoas,
Que eu sofrerei por ti, a tua frágil vivência!

Ai, amor, quem dera, fosses em mim, tua dor,
E que todo este silêncio sofrido fossem as águas,
Que livres corressem, em todo o seu esplendor!

Jorge Humberto
28/09/07


Jorge Humberto
Enviado por Jorge Humberto em 29/09/2007
Código do texto: T673339
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jorge Humberto
Portugal, 51 anos
2622 textos (67112 leituras)
22 áudios (940 audições)
13 e-livros (541 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/10/17 14:02)
Jorge Humberto