Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ALMAS GÊMEAS



Emocionada, nem sei se acordada estou.
Há no meu corpo impulsos e sensações.
Quereres reais, intensos e fortes emoções,
é tudo o que agora sinto. Tudo que restou!

Mas meu coração ensurdeceu, se aquietou;
tanto endureceu, que até ignora tentações...
Por ele receio, desconheço suas intenções,
tão violento foi o choque que o inquietou!

Minh’Alma se dobra, em si mesma se aninha.
Da sua gémea tão abruptamente separada,
gémeas iguais que eram, aquela tua e a minha,

fica em desconforto, sozinha, desamparada...
E é bem na hora do crepúsculo...já à noitinha,
que sinto o torpor da minha vida parada!











HELENA BANDEIRA
Enviado por HELENA BANDEIRA em 30/09/2007
Código do texto: T674923
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
HELENA BANDEIRA
Portugal
397 textos (11697 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 05:47)
HELENA BANDEIRA