Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amei

Todas as vezes que amei,
Sofri, sorri e, como chorei,
Fui comando e, comandei,
Fui principe, plebeu e rei.

Maltrataram-me e, maltratei,
Palmilhei paixões sem lei,
Cobraram-me, a valsa que não dancei,
Explicações do ser, que me tornei.

Senti saudades e, saudades eu deixei,
Fui enganado e, enganei,
Perdi a liberdade, mas joguei.

Tive pesadelos, mas sonhei,
Vivi intensamente e, abdiquei,
E mesmo blefando, amei.

 
Gilmar Queiroz
Enviado por Gilmar Queiroz em 02/10/2007
Código do texto: T677025

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Gilmar Queiroz
Laranjal do Jari - Amapá - Brasil, 41 anos
250 textos (4742 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/11/17 08:05)
Gilmar Queiroz