Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Talvez um nada

Não sei se isso é amor ou se é paixão,
mas eu notei que existe um sentimento
a nos unir. Me excito, me contento
em ter tua presença, embora eu não

me sinta preparado para o amor
como tu sentes que estás preparada.
O meu amor não é, talvez, um nada
em frente ao teu, pois só te causa dor.

Difícil é, para mim, ter que explicar
- não sei se cabe aqui explicação -
um sentimento que te causa dor.

Vai ser melhor calar do que falar,
porque não sei se vais me dar razão.
Não sei se tu entendes meu amor.
Paulo Camelo
Enviado por Paulo Camelo em 05/11/2005
Código do texto: T67789
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor: Paulo Camelo - www.camelo.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Paulo Camelo
Recife - Pernambuco - Brasil, 68 anos
909 textos (260297 leituras)
36 áudios (10733 audições)
6 e-livros (1686 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 00:39)
Paulo Camelo

Site do Escritor