Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
 
 
 
 
 
Quando de tanta ausência,
Surgir à forma do desespero.
Peço ao tempo a clemência,
O termo certo do exaspero.
 
Que resgate desse horizonte.
Toda vontade de ver o tanto.
Para Ter o amor distante,
Aos olhos, envolto em pranto.
 
Pois de ansiedade me cubro.
Na forma dessa saudade.
No calor do coração rubro.
 
Que me aquece a lembrança.
De quanto já tive por vontade,
O prazer da viva esperança.
 
 
 
 
 
 
 
 
Gerson F Filho
Enviado por Gerson F Filho em 02/10/2007
Código do texto: T678132
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Gerson F Filho
Guarapari - Espírito Santo - Brasil, 60 anos
352 textos (8701 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 12:52)
Gerson F Filho