Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SEM TEU OLHAR

Sem teu olhar...
por essas ruas, Deus meu, que escuridão!
Que lôbregos caminhos nas estradas;
chorariam de dor almas condenadas,
amargoso mundo áspero e vão!

Sem teu olhar...
O mar teria vagas ríspidas e bravas
e de profundo báratro viria um turbilhão;
vulcões cuspiriam horrentes lavas,
arrancaria as tumbas infame furacão.

Sem teu olhar...
Ao meu redor teria pranto e agonia,
somente a dor intérmina que mata,
treva espessa da senda de tormentos.

Sem teu olhar...
Seria eu apenas uma lousa fria
e nesse campo inglório dessa vida ingrata
exalaria enfim meus últimos alentos!
Chaplin
Enviado por Chaplin em 07/10/2007
Código do texto: T685015
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Chaplin
Rio Grande - Rio Grande do Sul - Brasil, 72 anos
420 textos (29118 leituras)
1 áudios (137 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 04:45)
Chaplin