Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TALISMÃ SAGRADO

         Ao meu querido filho JOSÉ DE ALENCAR e sua estimada esposa Comadre ANA, em cuja casa fiquei vários dias, no litoral, sendo tratado como o maior homem da Terra. Obrigado, queridos.


Tão macia qual pétala de rosa,
Dedos esguios, belos, elegantes,
Como bênçãos na tarde silenciosa
Com os gestos maviosos, triunfantes...

É ela que vai à frente bem ciosa
Selar os ritos aos cumprimentantes,
Na amizade sadia e preciosa
Que aos povos une em gratidões constantes.

Quando sadia, linda, perfumada,
Fica exposta a ser logo mimoseada
Qual talismã sagrado e rosicler.

Ao estender-se logo consolida
As amizades no correr da vida...
Falo da mão sublime de mulher!

Caraguatatuba 06/10/07
Lucan
Enviado por Lucan em 08/10/2007
Código do texto: T686018
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Lucan
Salesópolis - São Paulo - Brasil, 86 anos
1985 textos (88827 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/10/17 10:00)
Lucan