Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VERSOS ROTOS II !

A ti sustentarei!-saudade pobre ...descabida...
Com versos que sem métrica me invadem a solidão,
Palavras desconexas nas veredas das partidas
Ecoarão no âmago da mais tênue sensação...

Nas bordas do teu pulso de horas esvaecidas...
Viajam versos rotos...que ressoaram em vão!
Nas letras fadigadas...ternas ...mas empobrecidas,
Fenecerão lembranças da aurora em extinção.

Então a poesia eclodirá ao meio dia!
Momento em que o sol alto já permeia todo o céu!
E à vida, em alquimia, voltará toda a alegria...

Dos versos que em outrora, a vida só jogou ao léu!
E dessas rimas pobres...traiçoeiras e derradeiras,
A vida companheira me resgatará do fel...
 
 
MAVI
Enviado por MAVI em 09/10/2007
Reeditado em 09/10/2007
Código do texto: T687118

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Áudio
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
MAVI
São Paulo - São Paulo - Brasil, 57 anos
5422 textos (339048 leituras)
991 áudios (86924 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 13:39)
MAVI