Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Despindo teu corpo



E foi assim, logo que despi teu corpo
e no momento eu que tanto te queria,
quando tirei cada peça da tua roupa
tu, com o meu toque, estremecias.

Então senti no teu perfume exalado,
o teu suor a teu perfume misturado
e foi  assim que eu cumpri um ritual,
e eu te vi, estremecendo no final.

Em nossa ânsia muito louca de amar,
logo perdemos o sentido  que havia,
já era noite e acabava mais um dia.

Nestes  momentos que se iam sucedendo,
o  nosso amor, ele também se arrefecia,
mas te amei daquele jeito que eu queria.


Vanderleis Maia
Enviado por Vanderleis Maia em 09/10/2007
Reeditado em 15/08/2008
Código do texto: T687729
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Vanderleis Maia
Imperatriz - Maranhão - Brasil
1412 textos (112321 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/10/17 02:53)
Vanderleis Maia