Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Soneto Proibido

Eu confesso! Estou apaixonado...
Mas escorre esse amor pelos dedos
Como deveriam fazer os medos
Que me tornam um aprisionado

Confesso (já não tenho mais segredos)!
Sei que segues tu com teu namorado
Fazendo planos, noivado marcado...
E vivo eu desses olhares vedos.

O maior amor da minha existência...
Drama! Comédia para quem assiste
Mas nunca viveu essa experiência

Não é triste esse amor... Não é triste!
Pois sou feliz, mesmo na tua ausência
De tanto que em mim o amor existe!
Márcio Ribeiro
Enviado por Márcio Ribeiro em 10/10/2007
Código do texto: T688539
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Márcio Ribeiro
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil
67 textos (3259 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 15:05)
Márcio Ribeiro