Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
>A GRANDEZA DO AMOR*

Amor que assim eu sigo silenciosa
Bebendo deste vinho noites frias
Erguendo cada taça olho a olho
Saboreando a alma em melodia

Atrever-se quem há de contestar
Do amor que vibra em fogo ardente
Criando em cada verso mais desejo
Rogando aos Céus amor eternamente

Na correnteza enviei-te uma rosa
A mais cheirosa lá do meu jardim
Para beijares como jóia de marfim

Torno-me dependente destes versos
Tantas palavras emolduradas de amor
Foi só um dia de ausência e já me vou

Saudades eu senti de teu perfume,
No fogo do desejo me consumo.
Ausência de teus lábios, sem o lume
A noite se perdeu; também meu rumo.

Andando giramundo, um vaga-lume
Buscando os rastros claros, perco o prumo
Nem mesmo a lua cheia ouve o queixume
Sem ter tua presença, esvaio em fumo.

Do teu jardim recebo agora a flor
Que em sutilezas mostra quanto é bela
A sensação perfeita deste amor

Que toma a minha vida e me faz ágil.
Eu saberei cuidar da rosa-estrela,
Sublime, iluminada e sei tão frágil...

SOGUEIRA
Marcos Loures
Sonia Nogueira
Enviado por Sonia Nogueira em 11/10/2007
Código do texto: T690075

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Sonia Nogueira
Fortaleza - Ceará - Brasil
2364 textos (128662 leituras)
13 e-livros (699 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 21:23)
Sonia Nogueira

Site do Escritor