Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DEIXAI AS CRIANÇAS CRESCER






Hoje é dia de sorrisos e de mil canduras,
É dia de nossas crianças, suas ternuras;
E é vê-las brincar à cabra-cega, ao arco,
Num movimento que nada tem de parco.

É dia de estar com elas e de escutar seu
Clamor entusiástico; eis assim também eu,
Quando criança, não tinha medo algum,
Pois que dos homens não temia nenhum.

Hoje as coisas estão diferentes, cuidados
É preciso, quanto à maldade das pessoas;
Que os pais não sejam aqui descuidados.

Deixá-las brincar, no seu mundo aparente;
Saiamos à rua e cantemos-lhes brios e loas;
Assim crescer, sem o vil dístico tão doente.

Jorge Humberto
11/10/07



Jorge Humberto
Enviado por Jorge Humberto em 13/10/2007
Código do texto: T692462
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jorge Humberto
Portugal, 51 anos
2622 textos (67120 leituras)
22 áudios (940 audições)
13 e-livros (541 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 21:12)
Jorge Humberto