Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ENTRE A VOZ E A PALAVRA

Elevar a voz a quem nos ouve, em nada ajuda,
A quem quer se fazer entender e ser entendido,
Bastará com calma, muito amor e jeito,
Pausar a voz, embora firme e tomar sentido.

A palavra se entende com tamanha perfeição
Quando há sincronicidade e não alarde,
Ouve-se com passividade e sapiência,
Ao que se poderá questionar mais tarde.

Não devemos interpretar para aquele que fala,
Usar da confidência creio não ser prudente,
O que ouvimos do outro, em nossa boca cala.

Que seja a voz suave som, celeste e manto,
No mundo às vezes bom, em outra excludente.
Nas palavras aos irmãos, sempre como acalanto
           
            Rio, 13/10/2007
          Feitosa dos Santos

.
Feitosa dos Santos
Enviado por Feitosa dos Santos em 13/10/2007
Reeditado em 08/09/2008
Código do texto: T693059
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original ("Regra para USO: citar autoria de Feitosa dos Santos e o Site www.recantodasletras.uol.com.br"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Feitosa dos Santos
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
1398 textos (68408 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/10/17 13:30)
Feitosa dos Santos